sábado, 1 de agosto de 2009

Técnicas de conservação do pescado. 2

6 comentários:

Camarandante disse...

mmmmm....

Muy interesante técnica taxidermista.
Casi perfecta, diría yo.

Abrazo dear hunter!!

luisM disse...

Esse pargo voador faz-me lembrar algumas personagens inefáveis que pairam sempre sobre tudo, mais ou menos alheados do que se passa em baixo, mas sempre cheios de prosápia sobre a vida rasteira.

O que me faz espécie dear, é como conseguiste chegar à fotografia duma personagem deste tipo. Normalmente são personagens ausentes, não se sabe muito bem por onde andam, mesmo quando deslizam por aí.

Sexto sentido?

CybeRider disse...

Epá! Também adoro peixe-seco! Isso com umas jolas! Daqui!...

Eduardo P.L disse...

Esses peixes voadores são raros de serem captados por caçadores ou pescadores de plantão!

luisM disse...

Cybe Rider, cuidado com a pexanga voadora, às vezes são duras de roer! A ver se não se fica com falhas nos dentes...

Caçador disse...

Qual sexto sentido sr.M,há tanto dessa gente por aí que é só apontar e disparar, limpinho.