quarta-feira, 29 de julho de 2009

Estranha criatura


Aqui há muitos anos, dei de caras com este estranho ser numa cidade estrangeira... Ó terror, ó susto, ó pânico. Não tive outro remédio: disparei!

9 comentários:

Chapa disse...

Não gostou! Está com ar aborrecido, de quem não lhe apetecia ser fotografado.

Silvares disse...

Pois, também me parece que o assustaste um pouco.

luisM disse...

Talvez seja a sensação de impotência para deslocar atrás de si tamanha montanha de pedra, apenas com aquelas aletas na nuca.

Sérgio Aires disse...

Estranha? Não acho. Até acho muito familiar... :-)

Nirvana disse...

Ohh! Eu até acho que não tem um ar assustador. Acho que tem um ar triste.
Não consigo perceber se é um cão com um nariz muito grande e disfarçado de morcego, ou um elefante a quem cortaram a tromba e puseram mais duas orelhas.
Mas até é querido ;)

Caçador disse...

Familiar, Sérgio?

Caçador disse...

Concordo com a Nirvana, no fundo tem é um ar triste, mas na altura só me assustou...

ana barata disse...

É, tem um ar de quem está a pensar qualquer coisa como: que fiz eu para merecer isto?
Mas, acredito que o dar de caras com esta criatura te tenha causado algum susto....
Beijo.

Ás vezes precisamos de coisas doces...

CybeRider disse...

Fizeste bem Caçador! Olha bem, o que ele tem no nariz é uma máscara... Não tivesses tu disparado e estaríamos a olhar para algo muito mais dramático!

O olhar dele espelha o desconcerto de quem chegou em segundo.