domingo, 8 de dezembro de 2013

Paco no rasto do Bigfoot

Serve o presente para informar que o nosso destemido Paco foi vítima de um acidente ao nível da cauda preênsil que poderá comprometer as suas intrépidas deambulações aventureiras pelo mundo, real e virtual, pelo que, a menos que surja um tratamento milagroso ao nível da regeneração dos camaleões opacos, o nosso amado Paco começa a encarar com frieza e, porque não dizê-lo, com tranquilidade, a hipótese de uma, talvez precoce mas, merecida e confortável reforma - sorte dele em ser camaleão, que isto das reformas anda pelas ruas da amargura...

3 comentários:

Susanne disse...

kära Paco....var rädd om dig!

Chapa disse...

Reforma, só mesmo para camaleão, com a sua capacidade de se misturar nos corredores do poder.

luísM disse...

Boa viagem ao Paco, que esta parece-me uma boa aventura, apenas manchada pelo aparecimento dum soalho espúrio.