sábado, 2 de junho de 2012

regresso ao estranho mundo de Emílio Azeitona X

ao regressar aos jardins mágicos do Azeitona deparei-me com esta pietá, como dizer? actualizada? reciclada? enfim, seja como for, o interessante - e a lição - é que a arte é uma permanente inquietação...ou coisa assim.

5 comentários:

mfc disse...

Vivaaaa... temos o grande Emílio de volta!

Chapa disse...

Já tinhamos saudades desse fantástico mundo!

Susanne disse...

wonderful snake.....

beijos

Rute disse...

...esta moça aflige-me...vá-se lá saber porquê...

1 beijo:))

IRIS disse...

antes a arte que a vida, apesar de nos quererem convencer de que uma não vive sem a outra nisso da inquitação. que assim não seja com o senhor Azeitona e connosco também.