terça-feira, 14 de setembro de 2010

Na rota das baleias

5 comentários:

Camarandante disse...

Qué no se le ocurra dar un coletazo a esta bllena porque la gente se va amojar toda!

Abrazo camarada!

cristina disse...

imagino que a seguir ela tenha posto em acção aquela faculdade fantástica das baleias de borrifar água a partir do seu esplêndido cocuruto (coisa de imaginário infantil porque parece que afinal não é água, mas sim ar quente, que, em contacto com mais baixa temperatura da atmosfera, se transforma em pequenas gotinhas de água... o que é ainda mais encantatório... vantagens do conhecimento) ;-)

Chapa disse...

Encalhou.

Ángel disse...

Si alguien consigue meter una ballena en esa fuente el espectáculo está servido.
En las ciudades nos tenemos que conformar con el "hormigón"

un abrazo

Hellag disse...

baleias não encontrei eu, apenas ruazes, mas muitos durante as férias!...prolongadas...como as minhas visitas aqui a este blog...tenho muita coisa atrasada para ver, já venho :)