domingo, 1 de agosto de 2010

O paradoxo das aves migratórias II (anas querquedula cilpensis)

3 comentários:

cristina disse...

às vezes acontece um "tropeçon" numa maison :-)

Zé Caçador disse...

et oui, ça arrive

ana barata disse...

mesmo em férias não param os disparos.... e cada um melhor que o outro....
Beijos.